Jovem de 23 anos admite que aquilo que mais gosta de fazer na Síria é «treinar e matar». Rapariga de 19 anos diz que é tratada como uma «princesa».

As duas primeiras entrevistas a portugueses que se juntaram ao Estado Islâmico foram publicadas por um jornal holandês, e pelo Expresso. Os dois jovens garantem que não se arrependem de ter partido para a Síria. Ângela é uma jovem de 19 anos. Vivia na Holanda e é filha de um casal de alentejanos. Viajou para a Síria onde casou com Fábio Poças, outro jovem de origem portuguesa de Mem Martins (Sintra). 

A portuguesa conta que todos os dias chegam à Síria mais holandeses, belgas ou ingleses e acrescenta que ali não recebe «olhares estranhos» por usar burqa e é tratada como uma «princesa».

A outra entrevista a um português na Síria foi publicada no Expresso. As respostas são curtas e foram dadas através do chat do Facebook num cybercafe em Raqqa. O jornal conta que ao lado de Micael estava Santos, outro filho de portugueses que veio de França e que ia atualizando a conta no Twitter.

Desconfiado, Micael foi respondendo às perguntas dos jornalistas do Expresso a quem contou que tem dupla nacionalidade e estudava desporto numa universidade de Paris. A família é cristã de Trás-os-Montes onde vinha regularmente em Agosto e para entrar no Estado Islâmico teve treinos militares durante alguns meses. Antes, nunca tinha pegado numa arma.

Questionado sobre aquilo que mais gosta de fazer na Síria, Micael responde «treinar e matar» e admite que já matou uma pessoa com uma Kalashnikov. Voltar à Europa não é hipótese pois o português sabe que seria preso.

Micael explica ainda que que nunca se arrependeu de ter partido para o Médio Oriente pois afirma estar no meio da «justiça e da verdade». Casou na Síria mas diz ter saudades da restante família que chora quando falam ao telemóvel.

Ângela e Micael são dois dos portugueses que o governo já admitiu que estão na Síria a fazer a chamada guerra santa ao lado do Estado Islâmico.

 

Copyright © Sociedade Digital | Privacidade | Termos & Condições |   CrowdFunding Networks | Powered by Markup®